segunda-feira, 5 de março de 2012

FALANDO DE ÉTICA

         ÉTICA, O QUE É ???
Ética, falamos tanto, mas quando nos questionam, como explicar? Essa que é uma palavrinha tão pequena, mas que tem um imenso valor.
Como a definimos?
Segundo o dicionário brasileiro Globo, obra de Francisco Fernandes, ética é ciência da moral e segundo o dicionário Aurélio, ética é “o estudo dos juízos de apreciação que se referem à conduta humana de qualificação do bem e do mal, determinada pela sociedade”.
Então aqui iremos saber mais teoricamente, sobre o que é Ética e Moral.
Muitos diferenciam ética e moral variadamente como os exemplos abaixo:
·        Ética é permanente, moral é temporal;
·        Ética é teoria, moral é prática;
·        Ética é universal, moral é cultural;
·        Ética é regra, moral é conduta da regra;
·        Ética é principio, moral são aspectos de condutas específicas;
Cada ser humano, tem sua visão de ética, pois são criados, em ambientes diferenciados, mas a palavra ética tem sua origem do grego, “ethos”, e seu correlato em latim “morale”, ou seja similar a conduta e costumes.
Eis que o grego é o inicio, a origem de muitas palavras, é onde pesquisamos e conseguimos encontrar a definição de muitas palavras.
Então etimologicamente ética e moral são sinônimas ou seja são palavras parecidas.
 Teve vários pensadores, a diferentes época que abordavam a ética e a moral, muitos definiram em olhares diferentes.
Temos como exemplo na diferentes épocas esses grandes fenômenos: Os pré-socráticos, Aristóteles, os Estóicos, os pensadores Cristãos (Patrísticos,escolásticos e nominalistas)  Kant, Espinoza, NietZsche, Paul Tillichi etc...
Vamos ver as comparações da ética nesses diferentes olhares:
ÉTICA NORMATIVA – Ética Moral: baseia-se em princípios e regras morais fixas. Ética Profissional e Ética Religiosa: As regras devem ser obedecidas.
ÉTICA TEOLÓGICA – Ética Imoral: baseia-se na ética dos fins: “Os fins justificam os meios”. Ética econômica: O que importa é o capital.
ÉTICA SITUACIONAL – Ética Amoral: baseia-se nas circunstâncias, tudo é relativo e temporal. Ética política: Tudo é possível, pois em política tudo vale.
Então: Ética todos nós devemos ter, seja no trabalho, seja na religião, seja nas amizades, seja aonde for: devemos ter ética, há pessoas que levam a sério, falam que tem, mas ninguém consegue cumprir perfeitamente, pois para muitos há dúvidas e dificuldades de ser ético e com influências sem perceber deixam de ser, nós devemos antes de uma ação, fazer uma reflexão, do que para nós é correto ou não, ou seja quando vermos nosso amigo fazer algo que para nós é errado, devemos primeiro refletir, se eu falar dele para professora, ele poderá desistir da escola, se eu falar dele para meu chefe ele será mandado embora, então devemos ser éticos em um caso desse e falar com a própria pessoa, será que isso que tu faz é correto?. Ética é quando for falar de alguém, a pessoa estar presente para se defender, ética é não prejudicar o próximo, ética é respeito mútuo um ao outro, ética é não fugir das regras, pois tudo na vida tem regra, e hoje os pais as vezes não sabem impor isso aos filhos, deixam fazer o que quer, e os filhos crescem rebeldes, e perdem sua liberdade na sociedade.
Agora vamos falar um pouco sobre a ÉTICA DE SÓCRATES.
Perguntas de Sócrates: O que é coragem? O que é justiça? O que é piedade? O que é amizade?
Resposta: Tudo isso são virtudes.
Mas o que é virtude?
Resposta: é agir em conformidade com o bem.
Mas o que é o bem?
 “Ethos”, para Sócrates: conjunto de costumes tradicionais de uma sociedade.
Significativa também: “índole natural, temperamento, conjunto de disposições físicas e psíquicas de uma pessoa”.
Graças a Sócrates, se iniciou a filosofia moral.
E graças a Aristóteles, sabemos a distinção entre o saber teorético e o saber prático.
A Ética é um saber prático que se refere à PRÁXIS. “Somos aquilo que fazemos”.
Os três Aspectos Principais da Ética dos Antigos:
1.   Racionalismo – Ter virtude é agir em conformidade com a razão.
A Razão conhece o bem e guia nossa vontade até ele.

2.   Racionalismo – Ter virtude é agir em conformidade com a natureza (cosmos) e com a nossa natureza (ethos), que é a parte de todo.

3.   Indivisibilidade entre ética e política - isto é, entre os valores dos indivíduos e os valores da sociedade (polis). Somente na existência compartilhada com outros, é que aprendemos o que é liberdade, justiça e felicidade.
A ética Cristã
Religiões da antiguidade: nacionais e políticas.
Cristianismo: Universal e definida pela fé em um único Deus.
Virtude: Define nossa relação com Deus e não com a sociedade.
As duas diferenças entre as concepções Éticas Cristãs e concepções Ética da Antiguidade.
1.   As duas principais virtudes da ética Cristã:
- define nossa relação com Deus: Amar a Deus sobre todas as coisas.
CARIDADE – define nossa relação com o próximo – Amar ao próximo como a si mesmo.
RELAÇÃO VERTICAL E HORIZONTAL
Saber SER e saber CONHECER – Relação vertical.
Saber FAZER e saber CONVIVER – Relação horizontal.

2.    Somos dotados de livre arbítrio, mas nascemos com tedência natural para o mal, pois nossa vontade está corrompida pelo pecado. Só com o auxílio divino podemos tornar seres morais.
AUXÍLIO DIVINO – A lei divina revelada.
O Cristianismo introduz uma nova idéia na ética: a idéia do DEVER.
Com o DEVER, é introduzida também a idéia de INTENÇÃO.


A ÉTICA DE ARISTÓTELES



VICIO POR EXCESSO
VIRTUDE
VÍCIO POR DEFICIÊNCIA
Temeridade
Coragem
Covardia
Libertinagem
Temperança
Insensibilidade
Esbanjamento
Prodigalidade
Avareza
Vulgaridade
Magnificência
Vileza
Vaidade
Respeito próprio
Modéstia
Ambição
Prudência
Moleza
Irascibilidade
Gentileza
Indiferença
Orgulho
Veracidade
Descrédito próprio
Zombaria
Agudeza de espírito
Rusticidade
Condescendência
Amizade
Enfado
Inveja
Justa indignação
Malevolência






A ÉTICA CRISTÃ



VIRTUDES TEOLOGAIS
VIRTUDES CARDEAIS
PECADOS CAPITAIS
VIRTUDES MORAIS
         Fé
Esperança,                                      Caridade
Coragem, Justiça, Temperança,
Prudência
Gula, Avareza, Preguiça, Luxúria, Cólera, Inveja e Orgulho
Sobriedade, Prodigalidade, Trabalho, Castidade, Mansidão, Generosidade, modéstia.




Conclusão: Para o Cristianismo, justiça é uma virtude; para Aristóteles é resultado de virtude.
A amizade é substituída pela caridade.
Os vícios são transformados em pecados.
Um vício aristotélico, passa a ser considerado virtude: a modéstia.
Aparecem virtudes ignoradas por Aristóteles: Humildade, castidade, mansidão.
Surge com virtude o trabalho, ignorado por Aristóteles e que era degradante para o mundo Greco-romano.
“Mente desocupada é oficina do diabo”. Lutero.

Bom espero que aqui você tenha, adquirido uma base da ética mais complexa, e que isso possa contribuir em suas pesquisas.
Então o que é ética?
Como trabalhar ela em sala de aula?
Nós educadores devemos ajudar nossos alunos, a desenvolverem ética, eles devem saber que tem hora para tudo, tem hora de brincar, tem hora de estudar, e que toda sociedade é formada em um bom senso de regras. Mas quando nossas crianças tiverem atitudes de coragem, de caridade com seu amigo, de ajudar um ao outro, devemos elogiá-los, pois assim aqueles que não recebem esse valor em casa aprendem na escola, o estímulo, o exemplo do professor poderá ajudá-lo, esta certo que isso seria papel dos pais em formar o caráter da criança, mas nós devemos ter a generosidade de ajudá-los, não é obrigação nossa, mas a boa intenção é a que vale, e ser ético tem grande valor e quando assumimos nosso papel de educador  devemos  amar o que fazemos.
Devemos também ser ético com nossos companheiros de trabalho, evitando ao máximo nos intrometer no trabalho do próximo, quando criticar, que seja uma crítica construtiva, uma crítica construtiva tem uma indicação ou seja, se eu falo que meu amigo esta errado então eu devo saber o certo e ensinar isso a ele, não apenas empurrá-lo no buraco com uma crítica destrutiva, que destruirá sua imagem.
Nós educadores temos que ser os primeiros a dar exemplo de ética na sociedade, pois muitos se espelham em nós, e desde o inicio da história da educação, os educadores tinham que ser reservados e ter boa conduta, passando assim uma boa imagem á sociedade.
A ética profissional é muito importante, pois nela refletimos nossas atitudes, muitas vezes erramos, mas aprendemos com esses erros, companheirismo, sinceridade, honestidade, ser justo isso nos levará a uma educação melhor, teremos melhores resultados, naquilo que tanto buscamos, uma educação de qualidade.
Então vamos caminhar juntos, para uma educação melhor e mais justa, pois como diz.
Sonhar não paga nada, sonhar sozinho não realiza nada,
Mas sonhar juntos é muito melhor que um nada.



Drikabresil

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por sua colaboração *****