quinta-feira, 19 de julho de 2012

FALANDO DE BULLYING


BULLYING


BULLYING É UM TERMO DE ORIGEM INGLESA E SEM TRADUÇÃO NO BRASIL, É UTILIZADO PARA QUALIFICAR COMPORTAMENTOS AGRESSIVOS NO ÂMBITO ESCOLAR.
É PRATICADO TANTO POR MENINOS COMO POR MENINAS. SÃO ATOS DE VIOLÊNCIA (física ou não física) QUE OCORREM DE FORMA INTENCIONAL E REPETITIVA COM UM OU MAIS ALUNOS QUE SE ENCONTRAM IMPOSSIBILITADOS DE SE DEFENDER DAS AGRESSÕES.


DEFINIMOS BULLYING COMO:


·        VERBAL (APELIDAR, INSULTAR, OFENDER, FALAR MAL, “ZOAR”).


·        FÍSICA E MATERIAL (BATER, EMPURRAR, BELISCAR, ROUBAR OU DESTRUIR PERTENCES DA VÍTIMA).


·        PSICOLÓGICA E MORAL (EXPOR AO RIDÍCULO E AO VEXAME, HUMILHAR, EXCLUIR, DISCRIMINAR, CHANTAGEAR, INTIMIDAR, DIFAMAR);


·        SEXUAL (ABUSAR, EXPLORAR, VIOLENTAR, ASSEDIAR, INSINUAR);


·        VIRTUAL OU CYBERBULLYING (BULLYING REALIZADO POR MEIO DE FERRAMENTAS TECNOLÓGICAS, CELULARES, FILMADORAS, INTERNET.


ENTÃO NUNCA SE DEVE:


JAMAIS BATER NO COLEGA E FALAR MAL DO COLEGA;


JAMAIS FAZER BRINCADEIRAS DE MAU GOSTO, GOZAÇÕES, AMEAÇAR, DIFAMAR, MENOSPREZAR SEUS COLEGAS.




O PRATICADOR DE BULLYING SEMPRE É:


EM CASA SE MANTÉM DESAFIADOR, AGRESSIVO; SÃO ARROGANTES. NO FALAR E SE VESTIR, DEMONSTRA SUPERIORIDADE.


FAZEM MENTIRAS CONVINCENTES, MANIPULAM AS PESSOAS PARA SE SAFAR DE CONFUSÕES, NEGAM A RECLAMAÇÃO DA ESCOLA, DO IRMÃO, E DAS PESSOAS.



O BULLYING COMEÇA EM CASA:


OS PAIS MUITAS VEZES, NÃO QUESTIONAM SUAS PRÓPRIAS CONDUTAS E VALORES, EXIMINDO-SE DA RESPONSABILIDADE E DEIXANDO PARA O EDUCADOR. O EXEMPLO DA CASA É FUNDAMENTAL, O ENSINAMENTO DA ÉTICA, SOLIDARIEDADE E ALTRISMO INICIA NO BERÇO.




O PAPEL DA ESCOLA PARA EVITAR O BULLIYNG:


A ESCOLA É CORRESPONSÁVEL NOS CASOS DE BULLYING, ONDE OS COMPORTAMENTOS AGRESSÍVEIS E TRANSGRESSORES SE EVIDENCIAM OU SE GRAVAM.


A DIREÇÃO DA ESCOLA DEVE ACIONAR OS PAIS, OS CONSELHOS TUTELARES, OS ÓRGÃOS DE PROTEÇÃO Á CRIANÇA E ADOLESCENTE E TAMBÉM PODERÁ ATÉ FAZER OCORRÊNCIA POLICIAL, PARA QUE OS FATOS SEJAM APURADOS E OS CULPADOS RESPONSABILIZADOS.


TAIS PROCEDIMENTOS EVITAM IMPUNIDADE E INIBEM O CRESCIMENTO DA VIOLÊNCIA E DA CRIMINALIDADE.


NÃO DEVE HAVER OMISSÃO.


O BULLYING PODE LEVAR A :


PROBLEMAS PSICOSSOMÁTICOS; PROBLEMAS COMPORTAMENTAIS E PSIQUICOS COMO TRASTORNO DO PÂNICO, ANOREXIA, BULIMIA, DEPRESSÃO, FOBIA SOCIAL, ANSIEDADE GENERALIZADA ENTRE OUTRENS.
O BULLYING EM ALGUNS ANOS ATRÁS:
ANTIGAMENTE NÓS ESTUDAVAMOS, E NUNCA OUVIA-A SE FALAR EM BULLYING, A GENTE SOFRIA QUIETO, NÃO PODIAMOS RECLAMAR A NINGUÉM.
ATUALMENTE ESTA SENDO IMPLANTADO NAS ESCOLAS, EU TRABALHEI COM MEUS ALUNOS COLOCANDO CARTAZES MEU E DELES, ESPALHADO PELA ESCOLA, FIZEMOS COMBINADOS DO BULLYING, APRESENTAMOS TEATRO, OS ALUNOS FIZERAM CARTILHAS, SOBRE O TEMA E FOI UM SUCESSO, DIMINUINDO ASSIM O PRECONCEITO.

MURAL SOBRE BULLYING FEITO POR MIM E MEUS ALUNOS:
CARTILHA CONTRA BULLYING:

TEATRO CONTRA O BULLYING:
ESPERO QUE GOSTEM...
                                                     Drikabresil*****







Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por sua colaboração *****